Prefeitura de São Miguel dos Campos

Quinta-Feira

28 de Outubro de 2021

Acessibilidade Visual

Novidades Campanha contra a gripe vacinará novos grupos a partir desta sexta-feira (18)

Saúde

Campanha contra a gripe vacinará novos grupos a partir desta sexta-feira (18)

Todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município vacinarão os grupos dessa nova etapa.

A Campanha Municipal de Vacinação contra a Influenza (gripe), em São Miguel dos Campos, chega à terceira etapa nesta sexta-feira (18). Esta etapa tem como público-alvo, pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais (comorbidades), pessoas com deficiência permanente, forças de segurança e salvamento, Forças Armadas, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso, trabalhadores portuários, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas e população privada de liberdade.

Todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município vacinarão os grupos dessa nova etapa. As UBS’s funcionam de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h. Os documentos necessários são: RG, cartão do SUS e cartão de vacinação. Para pessoas com comorbidades, é exigido um documento que comprove a doença. 

As pessoas que estavam nos grupos da primeira e da segunda etapa, que ainda não se vacinaram, ainda podem procurar uma UBS para se vacinar. Os grupos são os seguintes: idosos com 60 anos ou mais e professores das escolas públicas e privadas. Mas o público da primeira etapa: crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes e puérperas também ainda podem se vacinar.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a vacinação é uma das formas de facilitar o diagnóstico dos casos suspeitos do novo coronavírus, pois a gripe e a Covid-19 têm sintomas semelhantes, além de ajudar no combate à pandemia, pois prevenirá o surgimento de complicações decorrentes da doença, óbitos, internações e consequente sobrecarga nos serviços de saúde, além de reduzir os sintomas que podem ser confundidos com os da Covid-19.

A secretária municipal de Saúde, Adeline Carvalho, destacou que parte dos grupos prioritários da campanha da vacinação da Influenza coincide com os grupos de risco para vacinação contra Covid-19. Por isso, é necessário haver um intervalo mínimo de 14 dias entre as duas vacinas.