Prefeitura de São Miguel dos Campos

Segunda-Feira

26 de Setembro de 2022

Acessibilidade Visual

Novidades São Miguel dos Campos entra no Mapa do Turismo Brasileiro devido aos seus potenciais turísticos

São Miguel dos Campos

São Miguel dos Campos entra no Mapa do Turismo Brasileiro devido aos seus potenciais turísticos

O município agora faz parte, dentre as 46 cidades alagoanas, do Mapa do Turismo Brasileiro.

Conhecida como “terra dos índios caetés”, por seus vastos campos de cana-de-açúcar e por seus arredores margeados pelo rio que leva o mesmo nome, São Miguel dos Campos agora faz parte, dentre as 46 cidades alagoanas, do Mapa do Turismo Brasileiro.

O Mapa de 2022 conta com 2.542 cidades brasileiras em 322 regiões turísticas, sendo um instrumento que reúne municípios que adotam o turismo como estratégia de desenvolvimento, além de identificar necessidades de investimentos e de ações para a promoção do setor em cada região turística do país.

Todos os municípios são classificados numa escala de A a E no Mapa do Turismo, categorizando-os através do desempenho da economia no turismo, a partir de algumas variáveis. Entre elas, estão a quantidade de estabelecimentos de hospedagens e de empregos, a estimativa de visitantes domésticos e internacionais e a arrecadação de impostos federais nos meios de hospedagens.

De acordo com o Mapa, Alagoas possui sete regiões turísticas, sendo elas: Maceió, Região Lagoas Mares e Rios do Sul, Região Cânions do São Francisco, Região do Agreste, Região do Quilombo, Região Costa dos Corais, Região da Caatinga.

Totalizando 46 cidades que estão na rota do turismo do mapa brasileiro, mas a maioria está classificada na categoria D, E e C, estando apenas Maceió e Maragogi no Litoral Norte contidas na categoria A, e na categoria B estão Arapiraca e Japaratinga.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, da Ciência, da Tecnologia e da Inovação (Sedecti), Álvaro Leiva, explica que a entrada do município de São Miguel dos Campos no Mapa do Turismo, é o reconhecimento do Ministério do Turismo das potencialidades miguelenses.

“Nós munícipes conhecemos estas potencialidades de São Miguel, mas que não foram exploradas, e eu acredito, obviamente, que na gestão do prefeito George Clemente, através da Sedecti, em parceria com demais secretarias e juntamente com a Comissão Municipal de Turismo, conseguiremos efetivar essas políticas públicas impulsionando essa atividade econômica”, disse o secretário.