Prefeitura de São Miguel dos Campos

Terça-Feira

18 de Junho de 2024

Acessibilidade Visual

Novidades Prefeito George Clemente decreta estado de emergência devido às fortes chuvas; vítimas estão em alojamentos

Gabinete do Prefeito

Prefeito George Clemente decreta estado de emergência devido às fortes chuvas; vítimas estão em alojamentos

A sexta-feira (07) e a madrugada de sábado (08) foram de fortes chuvas em parte de Alagoas e em São Miguel dos Campos. A intensidade e o volume d’água que também chegou a outros municípios, fez com que o Rio São Miguel transbordasse. 

Dessa forma, ruas e bairros que ficam próximos ao rio foram atingidos: bairros Paraíso, José Torres Filho, Humberto Alves, Praça do Cais e Povoado Coité.

Essas áreas, impactadas pela correnteza do rio, estão recebendo ajuda da Prefeitura, através do prefeito George Clemente e das Secretarias, desde a madrugada deste sábado, 08 de julho.

Cinco locais estão sendo utilizados para receber as vítimas: escolas municipais (Luzinete Jatobá; Mário Soares; e José Marcos da Rocha); Ginásio de Esportes e antiga escola Noêmia Bastos.

Até o momento, 208 famílias foram atingidas — contabilizando 343 pessoas desabrigadas e outras 391 desalojadas. Elas estão recebendo alimentos e atendimentos da área da saúde.

O prefeito George Clemente também decretou situação de emergência no município. 

“DECRETEI SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA PÚBLICA em toda a área do Município de São Miguel dos Campos - AL enquanto perdurarem os efeitos da precipitação pluviométrica ocorrida no Estado de Alagoas a partir do dia 07 de julho de 2023.

As aulas também foram suspensas pelas próximas 72h.

"CONSIDERANDO as fortes chuvas que assolam nosso município, os danos causados, inclusive a iminência de deslizamento de encostas e desabamento de casas, gerando a necessidade de salvaguardar a integridade das famílias, especialmente as residentes nas áreas de risco”, divulgou nas redes sociais.

TRABALHO NAS CASAS E RUAS

As equipes da Prefeitura e da Defesa Civil estão realizando nas áreas atingidas, o trabalho de monitoramento. Os moradores foram retirados das casas, assim como móveis e eletrodomésticos.