Prefeitura de São Miguel dos Campos

Segunda-Feira

26 de Setembro de 2022

Acessibilidade Visual

Novidades Laboratório Espaço 4.0 foi inaugurado em São Miguel dos Campos

Gabinete do Prefeito

Laboratório Espaço 4.0 foi inaugurado em São Miguel dos Campos

Foi inaugurado nesta sexta-feira (18), em São Miguel dos Campos, o laboratório do Programa Espaço 4.0, pelo Instituto Federal de Alagoas – Ifal, no Campus do município. A solenidade de inauguração contou com autoridades locais e representantes do governo federal.

O Espaço 4.0 é uma iniciativa da Secretaria Nacional da Juventude, vinculada ao Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, com objetivo de capacitar jovens de 15 a 29 anos em situação de vulnerabilidade socioeconômica para atuar na produção de protótipos e soluções de alta tecnologia para a indústria e a comunidade.

O Espaço 4.0 se constitui em um contêiner com 25 metros quadrados, que conta com kit robô, smartphone, tablets, computadores, impressora 3D, drone e outros equipamentos utilizados por meio da metodologia maker, na qual o estudante aprende na prática o conteúdo teórico aplicado. Além do aporte financeiro do próprio Ifal, os Espaços 4.0 receberam mais de R$ 2 milhões fruto de emenda parlamentar e recursos federais para sua implementação em Alagoas.

No total, serão ofertados dez cursos com carga horária entre 20h e 40h: Desenho 2D, Desenho e Impressão 3D, Introdução à Programação Web, Desenvolvimento de aplicativo Android, Montagem e manutenção de computadores - Desktop, Montagem e manutenção de computadores - Notebook, Instalação e configuração de redes de computadores, Eletrônica Básica, Internet das Coisas e Robótica Educacional.

O prefeito George Clemente falou sobre o espaço. “Esse laboratório trará tecnologias inovadoras para pessoas, que até então não receberam oportunidades como essa. O Espaço 4.0 terá como público-alvo não somente os alunos do Ifal, mas indivíduos em situação de vulnerabilidade socioeconômica do nosso município”, frisou.

E continuou. “Além de receberem qualificações com acesso a toda essa tecnologia, para que possam se preparar para ingressar no mercado de trabalho, eles verão que podem ir mais além, ter um diploma de nível médio, de nível técnico e até de graduação e pós-graduação”, concluiu o prefeito.

A previsão é capacitar 192 jovens da comunidade externa por ano, com a orientação de especialistas das áreas contempladas e de estudantes da instituição selecionados como monitores via edital.