Prefeitura de São Miguel dos Campos

Quarta-Feira

18 de Maio de 2022

Novidades Primeira escola bilíngue (Português e Libras) do município é lançada

Educação

Primeira escola bilíngue (Português e Libras) do município é lançada

Curso de Libras para servidores da Escola Linaura Lima servirá como projeto piloto

Para promover a acessibilidade e garantir esse direito para todos, a Prefeitura de São Miguel dos Campos, através da Secretaria de Educação, está lançando um curso de Libras para servidores da Escola Linaura Lima, o qual servirá como projeto piloto, pois o intuito é ofertar para todos os servidores de todas as escolas do Sistema de Ensino.

A Libras - Língua Brasileira de Sinais, já é ofertada em todas as escolas do município para todos os alunos que necessitam de intérprete. 

O secretário municipal de Educação, Charles Valença, falou sobre a novidade. 

“Fazer com que todos os colaboradores também tenham acesso a essa linguagem e se comuniquem através dela se transformou num desafio aceito por nossa gestão, através do prefeito George Clemente e do vice-prefeito dr. Benildo Chagas, sendo assim, estaremos tornando São Miguel uma cidade com Escolas Bilíngues (Português e Libras)", disse.

E continuou. “Ofertaremos esse curso com o objetivo de solidificar os conhecimentos básicos para os servidores, em conformidade com a legislação vigente; contribuindo para uma verdadeira inclusão e comunicação com pessoas surdas”, concluiu o secretário Charles. 

A partir disso, o que define uma escola bilíngue é ter um currículo único, integrado e ministrado em duas línguas de instrução. O foco do ensino dessas escolas é desenvolver competências e habilidades linguísticas e acadêmicas nas duas línguas.

A implantação futura da escola bilíngue demonstra um grande avanço para os funcionários e alunos do município de São Miguel dos Campos. Visto que, os alunos terão acesso à comunicação na escola como usuários da Libras no sistema de inclusão.

CUMPRINDO A LEI

Com base no Decreto 5.626/2005, que regulamenta a Lei 10.436/2002, é dever das instituições federais de ensino e demais órgãos públicos a promoção de acessibilidade, por meio do uso e difusão da Libras para as pessoas surdas, assim como também a Lei 13.146 de 6 de Julho de 2015 Lei Brasileira de Inclusão – LBI que garante às pessoas com deficiência o direito a acessibilidade, justamente para que as igualem perante a sociedade e as deixem no mesmo nível de convívio, locomoção e atendimentos em órgãos públicos, garantindo a mesma qualidade, capacitação e inclusão social e profissional.