São Miguel dos Campos - Alagoas

São Miguel dos Campos participa de reunião com governador e prefeitos e vai receber recursos para recuperar estragos deixados pelas chuvas

Assessoria - 30/05/2017

imagem Após a reunião dos prefeitos das cidades atingidas pelas chuvas com o governador Renan Filho, ontem (29) no Palácio República dos Palmares, o prefeito Pedoca Jatobá realizou, em parceria com a Defesa Civil do município, o preenchimento do Formulário de Informação de Desastre (FIDE). O relatório habilita o município a receber verbas estaduais e federais para recuperar estragos deixados pelas fortes chuvas que caíram nos últimos dias. São Miguel integra as 25 cidades em situação de emergência, de acordo com o decreto publicado hoje no Diário Oficial do Estado (DOE).

O prefeito Pedoca não decretou situação de emergência no município, após os alagamentos causados pelas chuvas desde do último domingo (21), por considerar a situação sob controle. Até ontem 280 pessoas estavam cadastradas nos abrigos, dispostas em 4 colégios, no Módulo Esportivo José Medeiros de Apratto, e em 3 galpões. O FIDE contendo todas as informações dos danos nos recursos físicos deve ser entregue até sexta-feira ao Governo do Estado.

“O primeiro momento seria salvar vidas. Aqui não ficou ninguém ilhado. Tivemos poucos desabrigados, que são aqueles que perdem suas casas; tivemos desalojados. O município fez a retirada de todas as famílias para abrigos seguros, está doando comida, água, além de leite e fraldas para as crianças. A Saúde também tem passado pelos abrigos para disponibilizar remédios, aferir pressão e identificar outras necessidades. Não aderimos a emergência no município porque a situação esteve sob controle. Não vivemos uma catástrofe”, esclareceu o prefeito Pedoca.

O prefeito de São Miguel avaliou, portanto, que seria mais viável integrar o decreto do Governo do Estado, que abrange os 25 municípios atingidos e fortalece não só São Miguel, mas o Estado.

Em São Miguel, a localidade mais atingida pelas chuvas foi o povoado Coité, onde cerca de dez casas de taipa precisam ser reconstruídas. Enquanto os recursos não chegam a prefeitura vai disponibilizar o aluguel social para as famílias que não puderem voltar para as suas casas. Também precisam ser recuperadas algumas escolas e ruas.

O município está levando de volta para suas casas, a partir de hoje, aquelas famílias desalojadas que moram em residências que não sofreram danos físicos e que estão em condições normais de moradia.

imagem
imagem
imagem
São Miguel dos Campos - Alagoas