São Miguel dos Campos - Alagoas

Agentes de trânsito de São Miguel dos Campos recebem capacitação para ter poder de multar motoristas infratores

imagem A Prefeitura de São Miguel dos Campos, através da Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) está realizando na Academia de Polícia Militar (APM), em Maceió, um curso para 20 agentes de trânsito da SMTT e da Guarda Municipal. O curso, que é ministrado pela PM, começou nesta segunda-feira (20), tem duração de uma semana e acontece nos dois horários.

O treinamento vai garantir aos agentes de trânsito o direito legal de aplicar multas nos motoristas que cometerem infrações no trânsito. A SMTT de São Miguel dos Campos só tinha, até o presente momento, quatro agentes capacitados, que participam do curso renovando técnicas e conhecimentos. Ao final, 20 agentes terão poder para aplicar as multas. Se essa medida não fosse tomada o infrator poderia recorrer à Justiça e anular a multa porque o agente de trânsito não teria o poder para multar.

Estiveram presentes na abertura do evento o secretário da SMTT de São Miguel dos Campos, coronel Mário Jorge; o secretário de Comunicação, Marketing e Eventos, João Ulisses Guimarães; o tenente coronel José Bernardo da Silva, Comandante da APM; o capitão Valdemir Nunes; o secretário Adjunto da SMTT, Jadson Quintela; o assessor do órgão, Gustavo Lisboa e o capitão André, que abriu o curso com a palestra
“Crimes de Trânsito”.

Em seu discurso o coronel Mario Jorge disse que a prefeitura passou a fazer na SMTT uma gestão austera, honesta, transparente, tudo com base na lei, para otimizar recursos e beneficiar a população. Falou também da importância desse curso para evitar a violência no trânsito. “A SMTT e a Guarda Municipal estão lutando para que a sociedade miguelense tenha o melhor, e para isso contamos nesse curso com a integração da polícia militar”, afirmou.

O tenente coronel, José Bernardo, elogiou a iniciativa e disse que esse curso é muito importante porque oferece para os agentes fundamentos, doutrina e a parte prática e criticou o uso indiscriminado do álcool. “Álcool e direção não combinam. O álcool provoca mudança de comportamento e violência no trânsito”, lembrou.

Em sua palestra o Capitão André afirmou que seguir as regras de trânsito é menos oneroso para a sociedade. “ O acidente de trânsito com vítima, impacta financeiramente no SUS e na Previdência; o custo de uma morte no trânsito é de 475 mil reais devido a perda de produção do trabalhador; custos hospitalares, danos ao veículo... vamos fazer valer as leis de trânsito, para evitar tudo isso”, concluiu.

imagem
São Miguel dos Campos - Alagoas